Cuidados de saúde na Primeira Guerra Mundial:

os soldados portugueses durante e após a Grande Guerra (1914-1960)

Quais foram os cuidados de saúde dispensados aos soldados portugueses que lutaram na Primeira Guerra Mundial nas diferentes frentes e a reabilitação dos mesmos posteriormente?

Este projecto pretende efectuar uma análise aprofundada sobre as condições de vida e de saúde dos soldados portugueses que lutaram na Europa (Flandres), bem como em África (sul de Angola e norte de Moçambique), mais precisamente quais foram as doenças que afectaram as tropas portuguesas, quais os tratamentos, quantos ficaram doentes ou morreram.

Quais as políticas de saúde desenvolvidas pelo Estado português durante a guerra e qual o papel desempenhado por outras nações e instituições nos cuidados de saúde dispensados às tropas portuguesas? Se milhares ficaram feridos durante o conflito e sofreram importantes traumas, quais os esforços desencadeados pelo Estado português para assegurar a sua recuperação? Pretende-se analisar as instituições criadas ou adaptadas para receber feridos, mutilados, traumatizados e soldados doentes, bem como avaliar o seu contributo para a recuperação dos mesmos.

Quem dispensou os tratamentos, onde, como e a quem?

Os tratamentos efectuados e a assistência desenvolvida no pós-guerra contribuíram de alguma forma para melhorar a qualidade de vida dos soldados? Estes conseguiram integrar-se na sociedade e adaptar-se à vida civil após a guerra?

logos novos

Anúncios